Header Ads

Parceria e união entre dupla marcam a prova Estrada Individual no ciclismo

Marcando o início das disputas do Ciclismo na 65ª edição dos JEPS, classe B (12 a 14 anos), neste sábado (07) foi realizada a prova Estrada individual, que é uma corrida em circuito, com distância e tempo determinados. Após muitas pedaladas no Parque Jaboti, em Apucarana, conhecemos os primeiros campeões da modalidade: Ana Julia Santos Alves, representante do Colégio Estadual Souza Naves, de Rolândia, foi a primeira a completar a prova (20 minutos+1 volta) e Sergio Henrique Armacolo Batista, da mesma escola, também ficou com o ouro (35 minutos+1 volta). 


Competição Estrada individual pela categoria feminino. (Foto: Thaise Oliveira-SEET-PR)

Para Ana Julia, que na edição passada ficou com a medalha de prata nesta prova, a persistência foi fundamental para conquistar melhores resultados. “Neste ano muitas pessoas subiram de categoria facilitando um pouco mais pra gente. Além disso, treinei muito as provas de Sprint e de fugas. Acabou dando certo de vir e terminar em primeiro”, contou. Segundo a atleta, as elevações do percurso foram os pontos mais desgastantes. “Nessa prova foi muito difícil as subidas que travavam as marchas, além de serem muito fortes e pesadas. Eu sou mais para subidas em montanhas. Sprint eu tento, às vezes eu consigo”, finalizou. 

Na disputa do masculino, o que mais chamou a atenção foi a união de dois alunos-atletas. Durante toda a prova já foi possível notar a parceria da dupla Sérgio Henrique Armacolo Batista e Gabriel de Sá Senhoreli que revezavam a liderança tranquilamente. Entretanto, a amizade ficou ainda mais clara quando os dois cruzaram a linha de chegada abraçados. Com a análise da arbitragem, Sérgio ultrapassou a linha primeiro sendo considerado o campeão. “Somos uma equipe, então se um ganha o outro também ganha. Se eu ou ele ganhar é a mesma coisa”, disse Sérgio. “Somos bem amigos, treinamos sempre juntos”, completou Gabriel. 

Parceria entre Sérgio Armacolo e Gabriel de Sá durante a prova. (Foto: Thaise Oliveira/SEET-PR)

Utilizando uma estratégia, Sérgio disse que a forma como competiram foi uma orientação do professor para que o resultado positivo fosse conquistado. “O técnico indicou que na primeira volta era para alguém atacar. Eu fui, mas, infelizmente, o pelotão buscou. Na segunda volta ele atacou e conseguiu ir e com isso eu fiquei no pelotão. Percebi que eu podia ultrapassar, ataquei por cima, busquei ele e fomos revezando a prova inteira”, contou. Questionado com quem ficaria a medalha de ouro, o campeão revelou o plano da dupla, e engana-se quem pensa que não haverá competição entre eles. “Como são três dias, o primeiro ficou comigo e amanhã vamos fazer de tudo para que ele ganhe. No terceiro dia vai ser disputa mesmo”, finalizou. 


Encerramento da prova. (Foto: Thaise Oliveira/SEET-PR)

Dando sequência às competições do Ciclismo, neste domingo (08) será realizada a prova “por pontos” e na segunda-feira (09), encerrando a participação da modalidade nos JEPS, a prova Contra o Relógio Individual.. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.