Header Ads

Ciclismo de Maringá ganha oito medalhas no Circuito Pan-Americano de Paraciclismo de Estrada

O ciclismo paralímpico de Maringá teve ótimo desempenho no Circuito Pan-Americano de Paraciclismo de Estrada, finalizado no domingo (26), em São Caetano do Sul/SP. A competição reuniu ciclistas de Brasil, Argentina, Chile, Colômbia e Peru. Maringá obteve duas medalhas de ouro, três de prata e três de bronze. + ESPORTE no Portal da Rádio Maringá.
Maringá mostrou a sua força na prova de resistência. Edvan Dias de Souza, na categoria tricycle MT1 e Victoria Maria de Camargo e Barbosa, categoria WC 2 subiram ao lugar mais alto do pódio. Ambos ainda conquistaram medalhas de prata na prova contra o relógio.
 Gilce Duarte Côrtes, na categoria tandem, ganhou a terceira medalha de prata de Maringá, na prova de resistência. Cortês ainda conseguiu um bronze na prova contra o relógio.
 Maringá subiu mais duas vezes ao pódio para receber medalhas de bronze, com Carlos Eduardo Rossi, nas provas contra o relógio e de resistência, na categoria tricycle MT1.
 A delegação de Maringá, formada por seis ciclistas, por pouco não subiu ao pódio em outras três ocasiões, com os paratletas Célio Rafael de Brito Silva, que ficou na quarta posição, na prova de resistência, na categoria MC2. Célio Rafael de Brito Silva foi o quinto melhor na prova contra o relógio, na categoria MC2. E com Kaio Giovanni Alves de Oliveira, sexto colocado na contra o relógio, na categoria ciclismo MC2.
 A equipe de Maringá teve no comando a técnica Lorena Maria de Oliveira, e a delegação chefiada por Paulo Reinaldo Rossi.
 O Circuito Pan-Americano foi organizado pela União Ciclística Internacional e pela Confederação Brasileira de Ciclismo. Esta é a primeira vez na história que o Brasil sediou uma competição continental. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.